ENTRETENIMENTO, MÚSICA

Cazuza – Codinome beija-flor

Música do dia n. 508:

Cazuza – Codinome beija-flor

O que é um segredo de liquidificador? 🙂

Acho o Cazuza um quase gênio. Integrante original do Barão Vermelho, por indicação de Léo Jaime (é isso mesmo!), formou a banda que, fora a Legião, é a de que mais gosto no rock nacional. Nada obstante, do rock aqui da terrinha, especialmente aquele que emergiu nos anos 90, não o considero o maior poeta, como acabo de ouvir em uma entrevista de um roqueiro na MTV (ainda existe!), pois justamente esse posto reservo ao bardo da Legião, Renato Russo.

Mas é lógico que é uma comparação desnecessária. Cazuza foi grande, escreveu letras e interpretou canções belíssimas. Das baladas, ficou muito marcada “Faz parte do meu show”, que é bonita mesmo, com um toque bossa-nova. Eu, todavia, teimoso, gosto mais de “Eu preciso dizer que te amo” e, especialmente, esta aqui – ainda que, falando em letra, eu não tenha a menor noção do que seja um “segredo de liquidificador”. Alguém sabe? rs

Bem, é isso aí, com esta eu retomo esta seção, que caminha pra se encerrar, pelo mesmo motivo que minguou: as canções marcantes de verdade pra mim já foram quase todas citadas. Mais umas dez, eu retomo do n. 1!

Amigos, um ótimo fim de semana a todos vocês, grande abraço! Carpe diem!